Quando procurar um psicólogo? 

 

Quando percebemos a presença constante de pensamentos e emoções que causam incomodo e perturbação, interferindo no dia-a-dia, devemos considerar a possibilidade de conversar com um profissional.

Sentimentos de desesperança, depressão profunda e duradoura, comportamento autodestrutivo, medos incapacitantes, súbitas mudanças de humor, pensamentos de suicídio, dificuldades sexuais, devem ser levados a sério, uma vez que podem evoluir para distúrbios psicológicos.

É preciso superar a idéia que psicólogo é “para louco”. A Psicologia é uma ciência que compreende o comportamento humano com o objetivo de contribuir com o indivíduo no encontro de soluções adequadas para problemas da vida.

Vença o preconceito! Procure um psicólogo.

01

 
O que é a Psicoterapia? 

 

A Psicoterapia é um processo de tratamento que tem como objetivo a melhoria na qualidade de vida das pessoas. É possível abordar diversos aspectos, como depressão, ansiedade, dificuldades de relacionamento, entre outras situações.

A psicoterapia é uma forma eficaz de resolução de problemas emocionais, mesmo aqueles que duram há muito tempo, como no caso de luto/perda de um ente querido em que a pessoa não consegue superar.

Baseada em métodos e técnicas científicas, a psicoterapia proporciona ao cliente um espaço reservado, sigiloso e acolhedor, capaz de estabelecer entre o terapeuta/psicólogo e o cliente uma relação de confiança que visa identificar situações conflituosas da vida, e assim o cliente possa adquirir mais tranquilidade, segurança e responsabilidade na tomada de decisões.

Cada sessão dura em média 50 minutos a 1 hora.

02

 
Estou bem, mas quero fazer terapia. Existe alguma contra-indicação?

 

Não existe nenhuma contra indicação. Muitas pessoas fazem terapia porque gostam e desejam se conhecer melhor, e outras pessoas solucionam sua queixa inicial, mas continuam no processo. 

03

 

04

Quanto tempo de terapia é necessário para que haja uma melhora?

 

Dependerá da necessidade e problemática de cada cliente. Algumas pessoas buscam a terapia para solucionar uma questão específica, e finalizam o processo ao terem esta questão resolvida. Outros buscam autoconhecimento e desenvolvimento pessoal, e acabam fazendo terapia por um longo tempo. O tempo considerado durante uma psicoterapia é o “tempo emocional” e não cronológico. O processo pode levar alguns meses ou alguns anos, dependendo da problemática envolvida e de algumas características como :

1 - comprometimento com o processo;

2 - autoconhecimento;

3 - qualidade da relação entre profissional e cliente;

4 - extensão e gravidade do(s) problema(s). 

 

05

Com que idade deve-se iniciar uma terapia?

 

As pessoas procuram psicoterapia em diferentes fases da vida, de acordo com a necessidade. Não existe idade certa para procurar um apoio psicológico, e em qualquer que seja a idade os resultados são: autoconhecimento, ampliação e melhoria da qualidade de vida. Se os pais, os responsáveis ou a escola perceberem que uma criança está com alguma dificuldade em seu desenvolvimento devem buscar um apoio psicológico.

 

06

Quais os sinais de que uma criança precisa fazer terapia?

 

Normalmente esta indicação é feita por pais ou pela escola. Ao perceber que a criança não está feliz, apresenta alguma dificuldade em seu desenvolvimento ou em relacionar-se com as pessoas ou com o mundo, um psicólogo deve ser procurado.

 

07

Terapia é coisa para pessoas frágeis?

 

Não, muito pelo contrário. É preciso ter muita força e coragem para buscar ajuda e se dispor a lidar com acontecimentos difíceis da vida quando na verdade o desejo é esquecê-los.

 

08

Fazer terapia significa que sou incapaz de resolver os meus próprios problemas?

 

É um grande equívoco pensar que fazendo terapia não é você quem vai resolver seus problemas. O psicoterapeuta irá ajudá-lo a refletir sobre eles, e assim você alcançará soluções mais criativas e eficazes para solucioná-los.

 

09

Todos os psicólogos trabalham  da mesma forma?

 

Não, pois o que vai determinar a dinâmica da sessão é a abordagem teórica que seu terapeuta segue, e na psicologia há diversas teorias que buscam explicar e ajudar o ser humano.

 
A psicologia trabalha com as terapias alternativas?

 

Não, a psicologia trabalha com práticas validadas cientificamente e aceitas pelao Conselho Feredal de Psicologia, que regulamenta a profissão. Muitas práticas alternativas não foram suficientemente estudadas e na maioria das vezes essas práticas se apóiam mais em crenças pessoais do que em métodos e técnicas seguros e confiáveis. Algumas sugerem curas milagrosas e instantâneas e sabemos que no campo da mudança do comportamento não existem fórmulas mágicas.

10

 

© 2015 by Conhecer e Agir

Conhecer e Agir Desenvolvimento Humano Clínica e Cursos S/S Ltda

Rua Itapeva, 518 - Bela Vista - São Paulo - (11) 3262-4688