Antes da relação terapêutica... uma relação humana

 Ms. Amilton Martins dos Santos

amilton@conhecereagir.com.br

 

     

        Falar sobre relação terapêutica é um tema comum durante toda a formação do profissional de psicologia, mas o que é essa tal relação terapêutica? Nos livros vemos que é uma relação de ajuda pautada pela empatia, que propicia um clima favorável ao crescimento pessoal do cliente. Esse clima é influenciado além da empatia, pela atitude compreensiva e de apoio que o terapeuta fornece e desta forma a revelação dos segredos e medos mais íntimos do cliente começam a ocorrer.

 

        Portanto podemos afirmar que a relação terapêutica é um fator que influencia positivamente o processo, pois o cliente se sente confortável para fornecer informações necessárias para o transcorrer da terapia. Sendo assim a relação terapêutica é o meio através do qual, nós psicólogos podemos atingir os objetivos estabelecidos para a terapia.

 

        Já que a relação terapêutica é o meio, o terapeuta é o principal instrumento deste processo, o que significa que estaremos exercendo diversos papéis durante esse processo, tais como o de reforçador, o de modelo, entre outros tantos necessários.

 

        Como recursos técnicos podemos dizer que o terapeuta precisa ter uma audiência não punitiva, ser caloroso, acolhedor, percepções claras, objetividade, compreensão, clareza de limites, firmeza e conquistar uma atitude cooperativa por parte do cliente, mas...

 

        Esse aspecto me remete ao título, antes de qualquer relação terapêutica há uma relação humana, precisamos sempre lembrar que estamos diante de um ser humano e que somos humanos, portanto todas as característica citadas acima precisam ser usadas de maneira humanizada, não adianta querermos ser empáticos sem o calor de uma relação humana, não adianta querermos utilizar uma técnica, antes da confiança ter sido estabelecida, mas do que depende a confiança?

 

        Pense na pessoa em que você mais confia, o que a faz ser confiável? será que com ela você sente que pode ser você? Será que com essa pessoa você sente que há um relacionamento humano pautado na compreensão e aceitação? pense nisso e depois se responda: a relação humana, seria o início de uma relação terapêutica?

 

        Mas o que diferencia uma da outra? A diferença está no fato de que como psicólogos somos detentores de conhecimentos teóricos e técnicos o que nos possibilita levar às mudanças que nossos clientes buscam, somos especialistas em um campo de conhecimento, e esse aspecto diferencia o tipo de relacionamento que estabelecemos com nossos clientes e assim construímos a relação terapêutica, contudo não podemos esquecer que em todo relacionamento, a relação humana está presente!

 

 

Caso você tenha interesse em ler sobre algum assunto relacionado à psicologia, sinta-se à vontade para entrar em contato conosco e fazer sua solicitação.

 

     Para isto você pode nos mandar um e-mail

clinica@conhecereagir.com.br

Rua Itapeva, 518. Conjs 605/6. (11) 3262-4688

© 2015 by Conhecer e Agir

Conhecer e Agir Desenvolvimento Humano Clínica e Cursos S/S Ltda

Rua Itapeva, 518 - Bela Vista - São Paulo - (11) 3262-4688